segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O MEU SONHO


Como sonho amor, com a nossa casa
Nem imaginas amor, como a desejo!
A construí, pedra a pedra, beijo a beijo

Na minha ânsia louca, sempre em brasa!


Essa casa amor, a nossa casa…

O ninho que neste mundo mais desejo

Onde o amor se unirá num terno beijo
Será sempre, o nosso sonho, a nossa casa!...


Sonho…que nós, dois viajantes

Percorremos, belos prados, verdejantes

Por terras infinitas, sem ter fim


E nessa terra de ilusão, que me perdi

Me encontro, e me perco, dentro de ti

E tu, te perderás…dentro de mim.


Mário Margaride

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

PIENSA EM MIM

Queridos amigos: deixo-vos com este belíssimo vídeo de Luz Casal
Espero que gostem.


Desejo a todos uma noite tranquila e serena
e um excelente fim de semana!

Beijos e abraços

Mário



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

AUSÊNCIA


Meu corpo...
Sente a ausência das tuas mãos

Que subliminarmente

Percorriam meu corpo

Como seda na minha pele.

Meus olhos...

Sentem a ausência dos teus
Que penetrantes

Me causavam um arrepio!

Quando fitavam os meus

Cansando dentro mim…

Um calafrio
.

Minha boca...

Sente a ausência dos teus lábios

Que me sufocavam

Com beijos ardentes

Arrebatadores
Transportando-me

Para outra Galáxia

Outra dimensão.


A tua ausência...

Esvazia a essência

Do meu viver.


Mário Margaride

terça-feira, 23 de agosto de 2011

PERCORRO AS PLANÍCIES DO TEU CORPO


Percorro as planícies do teu corpo
Onde o desejo fervilha

E é cega a minha ânsia.


Percorro a estrada dos desejos…

Entrego-me no embalar dos teus braços
Flutuo no universo do prazer...


Percorro as planícies do teu corpo

Mergulho nesse vulcão incandescente

Que me queima as entranhas

E me corre nas veias....


Saciado de ti…

Adormeço

Suavemente…

No torpor das emoções.


Mário Margaride

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

SEJAM BEM VINDOS MEUS AMIGOS!

Queridos amigos: devido a motivos de saúde
estive algum tempo ausente no mundo da blogoesfera
o que muito me entristeceu.
E, como se esse motivo já não fosse desagradável
fiquei sem acesso ao meu blogue "PALAVRAS QUE FALAM".
devido à prolongada ausência a que fui sujeito, perdi a palavra passe
Não tive alternativa senão, criar outro blogue.
É este que aqui podem ver.

Ainda não está completamente operacional, mas aos poucos
vai ficando ao meu gosto, ao meu estilo.

Espero que gostem.

Beijos e abraços!

Mário




JUNTO AO MAR


O vento sopra de mansinho
junto ao mar imenso
que nos rodeia
onde as ondas bailam alegremente
ao sabor da maré.

Junto ao mar
onde o vento fustiga levemente
penso em ti meu amor...
nos teus beijos ardentes...
nos teus ternos e doces carinhos...
no teu corpo que me enlouquece...
Junto ao mar
onde o vento sopra de mansinho
sinto saudades tuas...meu amor!

Gil Moura (Mário Margaride)